Marabá, 31 de maio de 2020

A Marcha das Mulheres em Marabá Por Dom Vital Corbellini, Bispo de Marabá – PA.

11 de março de 2020   .    Notícias da Igreja

No dia sete de março ocorreu uma marcha das mulheres em Marabá tendo como tema não ao Feminicídio, respeite a vida, sim à vida como dom de Deus e compromisso humano, seguindo a linha da Campanha da Fraternidade 2020. A participação foi muito positiva, de centenas de pessoas, mulheres, na sua grande maioria e também homens que estiveram presentes na caminhada pedindo um basta ao feminicídio, que mata a mulher por ser mulher, crime hediondo no Brasil. Está aumentado no Sul e Sudeste do Pará os casos de morte de mulheres por seus companheiros ou ex-maridos, de modo que o crime é familiar, dentro de casa e na própria sociedade.

            A Marcha foi coordenada pelo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, na qual a Diocese de Marabá faz parte. Isto é muito importante para a nossa realidade, seguindo a CF 2019 que exortava para que a Igreja participe dos conselhos municipais. A Diocese está presente e de modo que ajudou junto com as outras pessoas, na organização da Marcha das mulheres. O clamor que está subindo aos céus e para a sociedade, às autoridades é grande, de modo que percebemos a importância do julgamento desses casos pela justiça, a necessidade de políticas públicas que favoreçam a vida e a prevenção da vida das mulheres e também dos homens para que se dê um basta aos crimes de tirar a vida das pessoas, sobretudo das mulheres.

            Estiveram presentes além da equipe organizadora, mulheres da cidade, do campo, ribeirinhas, indígenas, mulheres das nossas comunidades, paróquias, de outras igrejas, das organizações sociais. Fizemos a oração pedindo a Deus a proteção às mulheres nos seus direitos e deveres. A luta continua em favor da superação do feminicídio para que se valorize a vida das mulheres em nossas famílias, comunidades e sociedade. O cuidado com a pessoa lutando pela paz e amor para mulheres e homens seja o ponto forte neste tempo quaresmal para que possamos nos preparar bem para a Páscoa do Senhor Jesus Cristo.

Dom Vital Corbellini, Bispo de Marabá – PA.

FacebookWhatsAppTwitter